Os condomínios oferecem muitas vantagens, como segurança, conforto e lazer. Entretanto, não tem jeito: quando muitas pessoas diferentes dividem o mesmo espaço, conflitos são inevitáveis. Diante disso, o que você pode fazer é garantir que todos esses desentendimentos sejam solucionados de maneira civil.

Caso contrário, os conflitos podem até mesmo acabar na Justiça, gerando gastos de tempo e de dinheiro para todos os envolvidos. Então, como praticar a tolerância e tentar solucionar essas situações de uma maneira interessante para todos os lados?

Uma excelente opção pode ser a mediação de conflitos em condomínios, que explicaremos para você no post de hoje. Continue a leitura e fique por dentro!

O que é a mediação de conflitos em condomínios?

O Facebook, o WhatsApp e outros recursos da internet intensificaram ainda mais a convivência entre os condôminos. Dessa forma, muitos desentendimentos que antes eram solucionados discretamente, hoje, tornam-se de conhecimento comum.

Com isso, mesmo quem não tem nada a ver com o assunto acaba tomando partido — o que, é claro, traz ainda mais estresse e conflito. Nesse momento, torna-se necessário chamar uma pessoa imparcial para encontrar um meio de reverter a briga: o mediador.

Quem pode fazer a mediação de conflitos?

O mediador é um profissional que deve ser contratado para uma reunião de mediação. Ele é uma pessoa alheia ao conflito em questão e, portanto, capaz de solucioná-lo de maneira imparcial e sem oferecer sua própria opinião.

Quando a mediação deve ser feita?

Muitos desentendimentos entre condôminos, ou mesmo entre o síndico e um condômino, conseguem ser resolvidos em particular. Aqui, não há necessidade de levar o caso adiante, pois as partes envolvidas foram capazes de encontrar uma solução por si mesmas.

Entretanto, a situação não é sempre tão cortês. Portanto, qualquer conflito que não for solucionado particularmente entre os condôminos ou com ajuda do síndico pode ser levado para um mediador. Caso a mediação não resolva, aí sim, medidas judiciais podem ser buscadas.