As reservas das áreas comuns do condomínio é um assunto que pode gerar vários conflitos entre os condôminos. Uma gestão ineficiente desse quesito pode trazer muita dor de cabeça para o síndico.

Porém, existem algumas atitudes simples que podem ajudar ⎯ e muito ⎯ nesta tarefa e trazer paz e tranquilidade para a administração do condomínio. Neste post vamos falar quais são essas atitudes e como realizar um gerenciamento de reservas eficaz. Confira!

Quais as áreas comuns do condomínio podem ser reservadas?

Antes de falar sobre as dicas de gerenciamento de reservas, é importante esclarecer que nem todas as áreas comuns de um condomínio podem ser reservadas. A regra máxima para a definição das áreas comuns que podem ser reservadas é seguir o que foi definido na reunião de condomínio.

Em geral, os locais que podem ser reservados são o salão de festas, sala de jogos, espaço gourmet e churrasqueira. Outros, como piscina e sauna, não constam normalmente na lista de áreas comuns passíveis de reserva. Principalmente por envolverem questões de higiene e por serem áreas de uso mais amplo dos condôminos, ao contrário das demais que tem características de uso mais reservado a um grupo.

Como fazer o gerenciamento de reservas de forma eficiente?

Os dois principais desafios do gerenciamento de reservas são:

  1. garantir que o local não seja reservado para mais de um condômino no mesmo dia e horário;
  2. garantir que o local não seja reservado exclusivamente por um único condômino, permitindo que todos tenham o direito de utilizar o espaço.

Para ajudar a vencer esses dois desafios, vamos dar algumas dicas valiosas. Acompanhe!

Tenha um regimento interno para a reserva das áreas

O primeiro passo ⎯ e o mais importante ⎯ é ter um regimento interno muito bem definido. É essencial que todas as regras de utilização e reserva dos espaços comuns do condomínio sejam registradas e acordadas em assembleia pelos condôminos.

Nesse regimento, garanta que sejam estabelecidas as regras básicas de reservas como:

  • cada condômino só pode reservar o mesmo espaço uma vez a cada 2 meses;
  • as reservas devem ser realizadas com antecedência mínima de 30 dias;
  • cada condômino só pode reservar um espaço comum por vez

Oriente os moradores sobre o uso das áreas

Muitos condôminos têm o mau hábito de não ler o regimento interno. Por isso, é importante que as principais regras de utilização dos espaços sejam afixadas em locais de fácil acesso e grande circulação.

Também é interessante fazer o envio das regras para o condômino sempre que ele solicitar uma reserva, para mantê-lo atualizado sobre seus direitos e deveres ao usar a área reservada.

Utilize um software para controle de reservas

Fazer o controle manual de reservas, além de bastante trabalhoso, abre uma margem para erros. Um software específico para fazer as reservas pode ajudar não só no registro das reservas, como também no cumprimento das regras estabelecidas no regimento interno.

Fazer um gerenciamento eficiente e tranquilo das áreas comuns do condomínio não é tão difícil. Seguindo estas dicas você nunca mais terá problemas com as reservas em sua administração.